Sobre o Curso

O curso de CiIencias Atuariais da UFMG recebeu 4/5 estrelas na avaliação da revista Guia do Estudante!

De natureza multidisciplinar, o curso de graduação em Ciências Atuariais da UFMG se propõe a formar um profissional moderno, preparado para um mercado de trabalho amplo e flexível. O curso tem como base o estudo de técnicas atuariais de cálculo de riscos. Em sua formação, o aluno vai desenvolver competências fundamentais nas áreas de matemática e estatística e, também, em administração, ciência da computação e demografia. O curso tem 25 vagas, com entrada no primeiro semestre de cada ano, e duração mínima de quatro (4) anos.

O mercado profissional, nacional e internacional, passou a dar responsabilidades diferenciadas para atuários exigindo capacidade de medir e gerenciar riscos a partir de uma ampla compreensão de matemática, estatística e gestão de negócios. De acordo com o Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), o Atuário é o profissional preparado para mensurar e administrar riscos, uma vez que a profissão exige conhecimentos em teorias e aplicações matemáticas, estatística, economia, probabilidade e finanças, transformando-o em um verdadeiro arquiteto financeiro e matemático social capaz de analisar concomitantemente as mudanças financeiras e sociais no mundo.

A proposta do curso é formar um profissional moderno, preparado para o mercado de trabalho ampliado e flexível do século XXI. O objetivo principal do curso é assegurar ao graduando condições conceituais e técnicas para gerenciar, identificar e avaliar os riscos dos Passivos, Ativos e as Empresas como um todo, construindo métodos gerenciais para o tratamento racional desses riscos identificados.

O curso tem como base o estudo de técnicas atuariais de cálculo de riscos, métodos probabilísticos, métodos demográficos, administração geral e financeira, aspectos legais e aspectos contábeis. Para isso, o curso foi criado em conjunto pelos departamentos de Estatística e Demografia da UFMG, que concentram a maior parte da carga horária necessária para a formação de profissionais com esse perfil moderno, além de contar com a colaboração de outros departamentos da universidade. Com isso, os alunos recebem uma formação quantitativa substancial, que tem sido destaque positivo nas carreiras dos egressos, além da exposição interdisciplinar integrada com as demais áreas do conhecimento importantes na atuação do atuário.

A Figura mostra a evolução das taxas de mortalidade masculinas na França de 1818 até 2006. O estudo da evolução da mortalidade e o cálculo da função de mortalidade são partes importantes do curso de graduação em Ciências Atuariais. O gráfico foi feito utilizando o software estatístico R, bastante utilizado durante a graduação e pelos atuários.

Gráfico acima feito pelo Professor Rob Hyndman. Script para replicar o gráfico animado disponível no link: http://robjhyndman.com/hyndsight/animations/